/images/banners/minas_on_line/minasonline.png

Hospitais da Fhemig participam do projeto “Paciente Seguro”

 

Servidores dos hospitais Infantil João Paulo II (HIJPII), Alberto Cavalcanti (HAC), Eduardo de Menezes (HEM) e Maternidade Odete Valadares (MOV), da Rede Fhemig, além de representantes das secretarias estaduais de saúde, do Ministério da Saúde e instituições parceiras, participaram da segunda edição do Encontro Internacional do Paciente Seguro, que aconteceu no início do mês de abril. Durante o encontro, os participantes puderam trocar experiências e conhecimentos sobre segurança do paciente e qualificação do SUS.

O projeto “Paciente Seguro”, desenvolvido pelo Hospital Moinhos de Vento (Porto Alegre/RS) em parceria com o Ministério da Saúde, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI, SUS), tem como objetivo aprimorar a segurança do paciente em hospitais públicos localizados em 15 estados do Brasil. Para isso, são desenvolvidas ações educativas diversas, voltadas para a melhoria da qualidade na assistência e redução de eventos adversos. “A princípio serão trabalhados três protocolos de segurança do paciente: higienização das mãos, prevenção de quedas e prevenção de lesão por pressão – definição que veio do projeto”, explica o diretor do HAC, Gustavo Marques, que esteve presente no encontro.

Durante o encontro, 45 novas instituições aderiram ao projeto, dentre eles, o HIJPII, HAC e HEM, que se somaram aos 15 hospitais que participam desde 2016, a exemplo da MOV.

Participação da Fhemig no projeto

Segundo a diretora da MOV, Flávia Ribeiro, nos últimos três anos, desde a inserção no projeto, observou-se um engajamento crescente por parte dos servidores da maternidade, que têm se envolvido ativamente na causa, demonstrando orgulho da Instituição e dos avanços conquistados. “Enfatizamos nossa alegria em podermos apoiar o projeto nas unidades da Fhemig. Estaremos trabalhando em conjunto para a melhoria dos nossos trabalhos”, afirma a diretora.

Gustavo Marques espera por bons resultados com a participação no projeto, melhorando de forma geral a cultura de segurança do paciente na unidade. “É sabido que o Hospital Moinhos de Vento é referência nacional em segurança do paciente. Por isso, a participação do HAC e dos outros hospitais da Fhemig neste projeto é de extrema importância, pois nos possibilita conquistar avanços e se tornar parâmetro na área no Estado de Minas Gerais”, diz Gustavo.

 

Por Anni Sieglitz

   Twiter Facebook   

 ouvidoria

Ensino a Distância