/images/banners/minas_on_line/minasonline.jpg

HGV recebe exposição “O Levante”

 

Foi aberta no dia 06 de março a exposição “O Levante”, do escultor Zé Ricardo, no Hospital Galba Velloso. O artista compareceu ao Galbarte, espaço da unidade onde foi montada a exposição. Na ocasião, houve apresentação do Coral da Marilu e a exibição de um filme sobre o trabalho para os pacientes e outros presentes.

“Zé” fez as esculturas usando ramagens de ciprestes, que tiveram que ser cortados em um condomínio que ele costuma visitar, pelo fato de suas raízes não aprofundarem, e eles acabarem sendo derrubados pelas chuvas. “Levei para casa os restos das plantas, e comecei a elaborar com os galhos figuras se erguendo, ou “levantantes”, pensando nos problemas sociais do país. Usei a arte como protesto, dando vida e significação a corpos que estavam apodrecendo”, explicou Zé Ricardo.

O escultor teve a ideia de realizar a exposição para pacientes com sofrimento mental, para tentar despertar um “levante” nestas pessoas. “Os usuários se mostraram receptivos e curiosos. Foi uma grande experiência para todos os envolvidos”, afirmou. O artista aproveitou para realizar uma enquete sobre qual a obra preferida dos pacientes do HGV. Até o momento, quem ganhava era a escultura “Não é bem por aí”, que revela uma figura segurando outra, mais frágil e menos estável. Um dos usuários do HGV concordou com a preferência. “Esta é a mais legal, pois mostra uma pessoa tentando levar a outra pelo caminho certo”, opinou.

Segundo Luzmarina Morelo, diretora do HGV, a parceria com Zé Ricardo foi extremamente positiva, principalmente por se adequar à mudança da cultura do hospital. “Estamos trabalhando a questão da educação permanente e da humanização, trazendo pessoas de fora para mostrarem seus trabalhos artísticos e realizarem outras atividades com os pacientes”.
A exposição é aberta ao público, e as obras podem ser visitadas até o dia 13 de março (terça-feira).

FHEMIG nas redes sociais

   Twiter Facebook   

 ouvidoria

Acesso Rapido