/images/banners/minas_on_line/minasonline.png

Maternidade Odete Valadares tem nova diretora



Em solenidade realizada nesta terça-feira (19/06), a médica ginecologista e obstetra Flávia Ribeiro de Oliveira tomou posse como diretora da Maternidade Odete Valadares (MOV). Flávia é servidora e ingressou na unidade em 2005, ainda como residente. Antes de assumir a direção, ocupava a função de coordenadora do Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP). 

Integraram a mesa solene do evento a presidente da Fhemig, Vânia Maria Souza Melo Pinto da Cunha; o diretor assistencial da Fhemig, Antônio Fernandes Lages; a conselheira do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais e médica ginecologista e obstetra, Cláudia Navarro Carvalho Duarte Lemos; a ex-diretora da MOV, Janete Maria Ferreira; a gerente assistencial da MOV, Sephora Augusta Cardoso Queiroz, a gerente administrativo da MOV, Fátima Rocha Maciel; e a coordenadora médica de Ginecologia e Obstetrícia da MOV, Gisela Iside Gagliardo. 



A abertura do evento teve apresentação da Orquestra de Cordas do projeto Cariúnas, que emocionou os presentes com clássicos da música erudita e popular brasileira. A solenidade teve como lema a frase Nunca pare de sonhar, em referência à canção de Gonzaguinha, Semente do Amanhã



A presidente da Fhemig, Vânia Cunha, falou sobre o papel de referência da MOV para o Estado e ressaltou a dedicação e entrega dos servidores da Fhemig. “Em minhas visitas pelas unidades, encontrei muitas pessoas já com, pelo menos, 10 anos de casa, e ainda se desdobrando com muito empenho, apesar das dificuldades. A frase Nunca pare de sonhar é um norte para mim. Estou sempre sonhando e, agora, sonhando na área da saúde pública. Sonhar é não parar de trabalhar. O trabalho e os desafios são minha motivação. E esse desafio é parecido com o que a Flávia terá pela frente como diretora da MOV, e já a agradeço e a parabenizo. Agradeço também à Janete, que cumpriu a sua missão aqui. Esperamos contar com o apoio de todos os servidores para que possamos gerir essa grande instituição”, afirmou. 

A ex-diretora da MOV, Janete Maria Ferreira, falou sobre a coragem que é necessária para estar à frente da “maternidade que é a mãe de todas as maternidades”. Ressaltou ainda as qualidades profissionais da nova diretora. “Fico muito honrada e emocionada de fazer essa transição. A Flávia é uma grande médica obstetra, fez sua residência aqui, conhece a unidade. Desejo muitas felicidades a ela e que consiga fazer da MOV tudo o que ela realmente é, e nunca deixou de ser. As coisas não precisam ser longas para serem intensas. O que eu vivi aqui foi muito intenso e levo muito amor e carinho por todos”, disse – recitando, na sequência, um trecho do romance O Encontro Marcado, de Fernando Sabino. 

A nova diretora da MOV, Flávia Ribeiro de Oliveira, falou, entre outras coisas, que a escolha pela frase Nunca pare de sonhar vem ao encontro do momento atual da unidade. “Em época de crise politica, ética e financeira que vivemos no país, não contamos com muito recurso, mas temos nossa força para transformar. Espero que realmente seja uma nova era para a maternidade. Não apenas a era da diretora Flávia, mas uma era da MOV pela MOV, resgatando a sua importância. Somos um time e vamos reacender a vontade, o prazer, o amor de cada trabalhador, afinal, 940 servidores de mãos dadas é algo muito forte. Agradeço pela oportunidade e conto com todos vocês”, concluiu. 



As crianças Isabela e Henrique – filhos da nova diretora da MOV – prestaram ainda uma homenagem à mãe e também à ex-diretora, Janete Ferreira, com a entrega de flores a cada uma delas. Ao fim da solenidade, o coral de servidores da MOV apresentou, à capela, a música Semente do Amanhã.

FHEMIG nas redes sociais

   Twiter Facebook   

 ouvidoria