/images/banners/minas_on_line/minasonline.png

Como Demandar a ACS

As solicitações de entrevistas com fontes da Fhemig, os pedidos de informações estatísticas e de esclarecimentos quanto a fatos ocorridos nas unidades hospitalares da Fhemig devem ser realizadas por escrito e encaminhadas para o e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . A coordenação de Jornalismo irá avaliar os pedidos e encaminhá-los ao jornalista responsável pela unidade hospitalar demandada para que realize os contatos necessários com as fontes institucionais e responda ao veículo solicitante.

Caso seja do interesse da imprensa, as demandas também podem ser realizadas por telefone. Todavia, o contato telefônico não substitui a necessidade do envio da demanda por escrito.

As informações sobre estado de saúde nos casos de epidemias, acidentes, desastres, e outros eventos que adquiram grande dimensão e caracterizem interesse coletivo, como também nas situações que envolvam pessoas públicas, são fornecidas diariamente no formato de boletins publicados na sala de imprensa sob a denominação de “Boletim – Estado de Saúde”.

A Assessoria considera pessoa pública toda aquela que, de alguma forma, ganhou notoriedade regional, nacional ou internacional. Do mesmo modo, são considerados como desastres de massa os acidentes coletivos nos quais se verifica grande número de vítimas graves ou fatais.

Ao informar o estado de saúde, a Assessoria não irá fornecer o nome ou qualquer outro dado que permita a identificação do(s) paciente(s). As informações se restringirão ao número total de pacientes que deram entrada no(s) hospital (is), e os níveis de gravidade do grupo. A única exceção são as pessoas públicas.

Nesse caso, desde que autorizada pelo paciente (ou parente de primeiro grau), que assinará formulário de autorização, a ACS informará o nome completo e o estado geral de saúde do paciente considerado pessoa pública. Em nenhuma circunstância, a Assessoria fornece o contato ou faz contato com parentes de pacientes internados nas unidades hospitalares da Fhemig.

FHEMIG nas redes sociais

   Twiter Facebook   

 ouvidoria