Hospital Alberto Cavalcanti

Endereço
Rua Camilo de Brito, 636
Bairro Padre Eustáquio
Belo Horizonte/ MG
CEP 30730-540


Horário de funcionamento
Pronto Atendimento 24 horas para pacientes oncológicos
Ambulatório: de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas
Marcação de consultas e exames laboratoriais por telefone: de segunda a sexta-feira, das 13 às 17 horas


Linhas de ônibus
9408, 4111, 4110, 4034


Telefones
Geral: (31) 3469-1800
Ambulatório (marcação de exames laboratoriais): 3469-3127
Ambulatório (marcação de consultas): 3469-1803
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Guichê: 3469-1836
Ouvidoria: 3469-1875
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Portaria de visitas: 3469-1886
Serviço Social: 3469-1827

Direção
Samar Musse Dib
Diretor Geral do Complexo de Especialidades
e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: (31) 3469-1812

Perfil assistencial

Atendimento médico especializado a pacientes com câncer
Tratamento médico para adultos que necessitam de cuidados intensivos e intermediários

Especialidades
Oncologia, Cirurgia Cabeça e Pescoço, Cirurgia Oncológica, Cirurgia Torácica, Ginecologia Cirúrgica, Mastologia, Cirurgia Geral, Urologia, Proctologia e Clínico Geral.

Serviços
Consultas em Oncologia Clínica, Cirurgias Oncológicas, Administração de Quimioterápicos e Exames de Endoscopia Digestiva Alta e Colonoscopia.
A Comissão Municipal de Oncologia de Belo Horizonte encaminha pacientes residentes em Belo Horizonte e na Região Metropolitana para realização da primeira consulta no Ambulatório Oncológico do Hospital Alberto Cavalcanti. Há também a condução de pacientes pela Central de Marcação, Central de Internação e pela Rede Fhemig.


Histórico

O Hospital Alberto Cavalcanti (HAC) está localizado no bairro Padre Eustáquio, em Belo Horizonte, e foi inaugurado em 1936 com o nome de Sanatório Minas Gerais. Sua missão era tratar pessoas com tuberculose.

O Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Bancários (IRPB) adquiriu o sanatório em 1947, quando passou a ser chamado de Sanaminas, nome que ficou conhecido em todo país até 1956. Nos quatro anos seguintes, a unidade permaneceu fechada para reformas, reabrindo em 1960 como Sanatório Alberto Cavalcanti, o mais moderno centro para o tratamento da tuberculose no país. Antes de integrar a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), o hospital pertenceu ao Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) e, em seguida, ao Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps).

Atualmente, o Alberto Cavalcanti é um hospital geral de porte médio, com serviço de mastologia, cirurgia geral e especialidades como clínica médica, oncologia, serviço de urgência e ambulatorial.